O dólar acumula queda de quase 4% no início deste ano. Os investidores aguardam as decisões do governo Bolsonaro em relação ao cenário econômico, principalmente, sobre a proposta da reforma da Previdência.


Fonte: Exame Abril

Compartilhar nas Redes Sociais