“O Blockchain é um livro-razão (tradução livre de ‘ledger’) digital incorruptível de transações econômicas que podem ser programadas para registrar não apenas transações financeiras, mas praticamente tudo de valor”.

A natureza digital do livro-razão significa que as transações do Blockchain podem ser vinculadas à lógica computacional e, em essência, programadas. Assim, os usuários podem configurar algoritmos e regras que desencadeiam automaticamente transações entre nós.

A partir dessa lógica, é possível imaginar operações bem mais rápidas e baratas envolvendo automóveis, apartamentos, terrenos rurais, propriedade intelectual, e por aí vai... Blockchain, por exemplo, é o que está por de trás de novidades como Bitcoin (moeda digital), Smart contracts (execução automática de contratos por meio de programas/softwares), além da Smart property (controle da propriedade – sendo física ou não).

Com esse funcionamento, toda e qualquer propriedade poderá ser registrada e transferida sem a necessidade de um intermediador.

Compartilhar nas Redes Sociais