A declaração da pandemia do coronavírus (COVID-19) através da Organização Mundial de Saúde (OMS) tem provocado impactos significativos à economia global e atingido diretamente a saúde financeira das empresas devido a queda no volume de vendas e a incerteza do mercado para este ano.

Para ajudar os empresários e seus negócios a superarem este momento, separamos algumas dicas simples que podem melhorar o fluxo de caixa, garantindo assim a sobrevivência das empresas.

INVESTIMENTO EM MÍDIAS SOCIAIS

A internet disponibiliza as mídias sociais como uma ferramenta poderosa para alavancada de vendas e visibilidade das empresas e nesse período de restrição com as pessoas em casa, utilizá-la é uma solução cirúrgica de comunicação com custo baixo e ágil para que a empresa chegue até o público. A indicação é investir em criação de perfis e gestão de conteúdo nas principais mídias como Instagram e Facebook e manter o contato ativo com todos os clientes.

PLATAFORMAS DE VENDAS ON-LINE

Ainda na seara da internet, caso a empresa não possua plataforma digital que faça vendas on-line de e-commerce, esse é o momento para se reinventar e aderir a ferramenta. As empresas devem buscar ferramentas que sejam compatíveis com as necessidades, avaliando custo e benefício.

ATENDIMENTO DELIVERY

De início, indicamos pesquisar se o produto da empresa enquadra-se na modalidade de delivery e quais são as exigências para iniciar o atendimento nesta modalidade. Outro ponto importante é a estruturar o processo de entrega, podendo desenvolver parceria com aplicativos de delivery ou até mesmo criar sua própria logística, desde que garanta a qualidade no serviço prestado. Por último, o planejamento de marketing e engajamento de mídias sociais serão necessários para atrair e fidelizar os consumidores.

AVALIAR SEUS CUSTOS E DESPESAS/ NEGOCIE COM SEUS FORNECEDORES

No contexto de queda no faturamento, é imprescindível avaliar todos os custos e despesas da empresa, priorizar os que são fundamentais para mantê-la operando e reduzir ou cortar os demais. Da mesma forma negociar com os fornecedores melhores prazos e condições de pagamentos, seja a prorrogação, a carência ou uma redução dos valores acordados. Este planejamento será importante para ganhar um folego, medir o mercado e organizar seu fluxo de caixa neste período.

AVALIE RELAÇÃO COM OS EMPREGADOS 

Neste período muitas empresas estão se adequando para prestarem seus serviços de forma remota e avaliar a relação de trabalho com seus empregados é fundamental para que a empresa organize seu fluxo interno de atividades, pois nem todas as funções são compatíveis com essa nova realidade. Existem jeitos legais para manter seus funcionários sem qualquer tipo de prejuízo, conforme serão descritas: a) Banco Horas; b) Férias coletivas ou individuais; c) Readequação da jornada de trabalho e salario; entre outras, de acordo com cada ramo de atividade.




FR SOUZA CONSULTORIA E ASSESSORIA JURÍDICO EMPRESARIAL

(Escrito por Evelyn Arakaki e Lucas Garcia)

Compartilhar nas Redes Sociais